Você já ouviu falar dos corredores ecológicos?

Mas afinal, o que é um Corredor Ecológico? Esse corredor também conhecido como corredor de biodiversidade, é o nome dado à faixa de vegetação que une os fragmentos florestais ou unidades de conservação separados por interferência humana, como exemplo, estradas, agricultura, clareiras abertas pela atividade da madeireira, entre outras, que possibilita o deslocamento da fauna entre as áreas isoladas, a dispersão de sementes e o aumento da cobertura vegetal

Esse corredor também diminui os efeitos da fragmentação dos ecossistemas, pois essas faixas de vegetação permitem que animais que seriam naturalmente isolados devido ao desmatamento ou atividades humanas no local, possam passar de um fragmento para o outro.

Os corredores ecológicos nada mais são do que uma estratégia criada para que a biodiversidade seja conservada, e foram criados com base em estudos comportamentais da fauna, levando em conta sua área de vida, o deslocamento das espécies e a distribuição das populações. Sua existência conectando as Unidades de Conservação são tão importantes, que está até prevista em lei (nº 9.985, de 18 de julho de 2000).

Eles também podem contribuir para a dispersão das espécies, além de promover o fluxo gênico, que é uma troca de genes entre indivíduos, espécies ou populações. Essa troca é importantíssima para a evolução dos seres. Além disso, a fauna possui a liberdade de transitar em mais de um fragmento de mata, aumentando a sua oferta de alimento.

Projetos similares chamados de “passagem de fauna” correspondem a um outro mecanismo alternativo para o deslocamento da fauna. Porém, esse modelo funciona como uma “passarela”, para que os animais possam atravessar a rodovia sem causar acidentes. Atualmente existem 2 tipos de passagem de fauna: o inferior, que passa por baixo da rodovia, e o superior, que é como se fosse uma ponte suspensa coberta por vegetação, que passa por cima da rodovia.

Solicitado corredores ecológicos e passadores de fauna em pontos do  município | Rádio Gramado News


No Brasil o conceito é relativamente novo, mas aos poucos está sendo implementado em muitas áreas do território brasileiro, tanto em áreas de unidade de conservação, quanto em áreas privadas. Se observarmos bem durante uma viagem, é possível reconhecer alguns corredores unindo fragmentos de mata perto da rodovia, possivelmente você já pode ter visto um!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s