10 Dicas para um Natal mais sustentável

O Natal e as festas de fim de ano estão chegando e com eles, também, vem o consumo excessivo. É muito importante procurarmos seguir hábitos mais saudáveis em relação ao meio ambiente durante o ano todo, então, que tal procurar ter um Natal mais sustentável? Vale lembrar que celebrar um Natal Sustentável não é deixar de comemorar, mas sim, buscar ter uma consciência ambiental. Além do mais, você pode ajudar a divulgar essa ideia para seus amigos e familiares.

Achou interessante? Então continue lendo o nosso blog post, que te mostraremos dicas para um Natal mais Sustentável!

1- Procure reutilizar materiais que você já tem na casa para fazer a sua decoração de Natal.

Além de economizar você contribui para o meio ambiente! Materiais como madeira, rolinhos de papel higiênico, caixas de ovos e rolhas de vinho podem ser utilizados para criar lindas decorações deixando o seu Natal mais bonito e sustentável.

2- Não coloque luzinhas em árvores vivas

Ainda falando sobre enfeites, é muito comum as pessoas enfeitarem as árvores com luzinhas, fica realmente lindo, mas assim como os humanos, as árvores precisam “descansar” durante a noite. A ausência de luz também teve sua função na evolução desses seres, assim como as estações do ano. No inverno, por exemplo, as folhas caem para poupar energia da árvore. Se fosse verão o ano inteiro, a expectativa de vida da árvore diminuiria, pois seriam exigidos maiores esforços para a manutenção de seu organismo vegetal. Ao colocar luzes em árvores, você impede o “descanso” vegetal.

Além disso, o que é mais grave, é que algumas pessoas pregam lampadinhas diretamente no tronco das árvores, o que pode impedir o transporte de nutrientes e ser fatal para o indivíduo vegetal. Nesse caso, uma árvore que viveria 250 anos pode ter sua vida reduzida para apenas 30 anos. Sem falar que, em algumas cidades brasileiras, é crime ambiental. Na zona oeste de São Paulo, por exemplo, moradores que decidiram enfeitar quatro árvores com lampadinhas de Natal, tachinhas e pregos trouxeram para o condomínio uma multa de R$ 40 mil.

3- Faça uma lista antes de sair às compras

Antes de você comprar enfeites, presentes, comidas, e tudo o que realmente precisar, faça uma lista! Desse modo, você evita a compra de produtos desnecessários e, consequentemente, os gastos excessivos. Além disso, é muito importante buscar conhecer de onde vem o produto, para assim, compramos de fornecedores que realmente possuem uma responsabilidade socioambiental.

4- Leve Ecobags na hora das compras!

Na hora de fazer as compras de Natal, se realmente forem necessárias, leve sua sacola retornável, evitando assim utilizar várias sacolas plásticas. Além de ajudar o meio ambiente, vai tornar otimizar o espaço deixando suas compras mais práticas.

5- Compartilhe experiências, não coisas

Você costuma presentear familiares e amigos? Se você acha que essa é a melhor opção e que será bem aproveitada pelo presenteado, ótimo. Mas e quando o presente é uma mera formalidade e, depois de aberto, a pessoa esquecer em qualquer canto? Nesse sentido, valeria mais a pena ter proporcionado à pessoa uma experiência mais valiosa. Uma experiência única aumenta o prazer e oferece lembranças para o resto da vida. Você pode oferecer uma experiência para seus filhos doando seu tempo e um parque, ou uma brincadeira inusitada. Em vez de comprar algo material para dar de presente de Natal, procure oferecer experiências. Quem sabe uma massagem em um lugar incrível, uma viagem, um curso, um show, salto de paraquedas, etc. Você pode adquirir vales-presentes e deixar que a pessoa escolha, se não tiver certeza do gosto dela.

6- Dê um presente consciente

Se no fim das contas você decidiu comprar algo, escolha produtos ecofriendly.  Pense que o valor do presente pode estar muito mais relacionado à sua criatividade e significado do que ao preço. Por isso, fuja dos produtos caros vendidos em shoppings. Se for dar roupas, prefira as provenientes do slow fashion. Se for outro tipo de presente, prefira produtos produzidos localmente, que valorizam os trabalhadores da cadeia de produção, veganos e que tenham uma pegada mais leve.

Uma dica para tornar seu Natal mais divertido, é que ao invés de comprar presentes para toda a família, você proponha um “amigo secreto”, assim todos gastarão menos.

7- Evite embalagens plásticas

Ainda falando sobre presentes, se ele tiver que ser embrulhado, abuse da criatividade e não use os tradicionais plásticos. No lugar, você pode utilizar sacolas de papelão, tecidos, potinhos de vidro, jornal, caixas de papelão, ecobags, barbantes… Assim, você vai deixar se presente ainda mais especial e charmoso!

8- Consuma alimentos da estação

Falando na ceia, os alimentos da estação demandam menos recursos para serem produzidos em comparação àqueles de outra época. Eles são mais nutritivos, pois são cultivados no clima propício, e saem por um preço mais em conta, porque estão em abundância na época em questão. Melhor ainda se você adquirir alimentos orgânicos. No período natalino, em dezembro, os alimentos da época costumam ser: abacaxi, ameixa, banana-prata, cereja, coco verde, damasco, figo, framboesa, graviola, kiwi, laranja-pera, limão, lichia, maçã, manga, maracujá, melancia, melão, nectarina, pêssego, romã, uva, almeirão, cebolinha, endívias, erva-doce, folha de uva, hortelã, orégano, rúcula, salsa, salsão, abobrinha, beterraba, cenoura, cogumelo, pimentão, tomate e vagem-macarrão.

9- Reduzir o desperdício de alimentos

O desperdício de alimentos é um problema no ano todo, mas no Natal é ainda maior, deixando para trás uma enorme pegada de carbono e água. Pensar em quantidades menores e fazer do freezer o seu melhor amigo para armazenar as sobras são ótimas maneiras de evitar o desperdício, mas produzir menos deve vir em primeiro lugar. Se algum prato tradicional não agrada os convidados, não é preciso fazê-lo somente pela tradição. Escolhas vegetarianas e veganas também reduzem significativamente o impacto do seu Natal.

Caso sobrar muita comida, você pode adotar a cultura japonesa, que evita o desperdício dos alimentos, chamada Mottainai: a filosofia japonesa contrária ao desperdício. Em festas, quando sobra muita comida, eles normalmente fazem um Bentō que é um tipo de marmita, para seus convidados levarem para casa, evitando assim que a comida seja jogada fora. 

10 – Faça uma limpeza no seu guarda-roupa

Separe as peças que você não utiliza mais e doe para alguém que necessita. Isso pode ser um gesto simples, mas com certeza pode tornar o Natal de alguém muito mais alegre! Outra opção é realizar bazares de troca entre amigos ou para a comunidade.

Agora que você já sabe como ter um Natal mais sustentável, que tal colocar essas ideias em prática? Se você gostou do conteúdo compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário aqui embaixo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s