Por que você deveria participar de uma Empresa Júnior

empresa-junior
Apresentação da GaiaJr na Semana de Tecnologia e Meio Ambiente em 2018

Agora que você está na faculdade, com certeza já deve ter ouvido falar sobre Empresa Júnior (EJ), certo?

Você também deve ter algumas dúvidas, por exemplo:

  • Como funciona uma Empresa Júnior?
  • Quais são as vantagens em fazer parte dela? 
  • Preciso ter conhecimento técnico para entrar?
  • Vale a pena participar de uma Empresa Júnior?
  • Dá para conciliar a faculdade com a EJ?

Ainda é pouco falado sobre as Empresas Juniores e sobre todo o potencial que elas demonstram ter em nosso país.

Por isso, nesse blog post viemos sanar esses questionamentos para você!

Bora aqui com a gente!

1. O que é uma Empresa Júnior?

Então, vamos começar!

Empresa Júnior é uma empresa como qualquer outra, ela possui CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), regulamentação própria e responsabilidades jurídicas.

Como uma empresa sênior, a EJ é geralmente organizada em departamentos como Marketing, Gestão de pessoas, Comercial, entre outros.

O que a diferencia das demais empresas é que ela é composta exclusivamente por estudantes de graduação, os quais não são renumerados, ou seja, não ganham salário.

Mas então, eles não cobram por seus serviços?

Cobram sim! É que toda a quantia é investida para a capacitação dos membros, dessa forma, com integrantes mais qualificados, buscamos entregar a melhor solução para o  nosso cliente.

Você também deve estar se perguntando: como é que os membros conseguem gerir toda a empresa e entregar projetos de qualidade ainda sendo estudantes?

A Empresa Júnior conta com o apoio da faculdade, de professores e de profissionais da área na hora de realizar os nossos projetos.

Dessa forma, alinhamos a mentalidade inovadora com o conhecimento técnico e profissional dos nossos orientadores.

Além disso, também temos o auxílio do MEJ.

2. O que é MEJ?

MEJ é a sigla para Movimento Empresa Júnior, que tem como missão formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil.

O Movimento surgiu na França em 1967 e veio para o Brasil em 1988, desde então, vem trabalhando para formar bons líderes de alta performance.

Dentro desse Movimento, temos as instâncias, sendo elas: a Brasil Júnior, as federações e os núcleos.

A Brasil Júnior é a instância a nível nacional, que representa e dá direcionamento para todas as empresas juniores do Brasil, a fim de alinhá-las em torno do mesmo propósito.

Depois temos as federações, instâncias em nível estadual e os núcleos que representam as EJs em nível regional.

Mas o mais legal de tudo isso é que o MEJ tem uma força enorme no nosso país.

Só no Brasil, temos aproximadamente 1300 EJs e 30 mil empresários juniores. 

Esses números são muito altos!

3. Por que eu deveria participar da EJ? Quais são as vantagens? 

Tudo o que foi falado até aqui já é um baita atrativo, né? Mas vamos partir para algumas ideias mais concretas:

Conhecimento e desenvolvimento de competências

Ao fazer parte de uma EJ você consegue colocar tudo o que você está aprendendo na faculdade em prática.

Também, você já tem contato e experiência com o mercado de trabalho, coisa que a faculdade não nos proporciona.

E é claro, você também aprende muitas coisas novas e desenvolve habilidades como liderança, capacidade de trabalhar em grupo, senso crítico e criatividade.

Você pode ter um contato prévio com uma matéria que você ainda não teve, assim, ficando mais preparado lá na frente.

Além disso, se você estiver um pouco perdido no curso, a EJ é uma ótima alternativa para você experimentar e descobrir a área que você gosta.

Networking

Ao participar da EJ, você tem a possibilidade de conhecer pessoas novas, de outros cursos, períodos de graduação, além do contato com profissionais de diversas áreas.

É possível criar conexões, fazer uma rede de contatos, o que te trará muitas oportunidades no futuro.

Muitos pós-juniores já encontram excelentes oportunidades de emprego mesmo antes de concluir a faculdade.

Preciso ter conhecimento técnico?

A resposta é não! 

Ao entrar na EJ muitos de nós entramos em contato com áreas que não teríamos conhecimento se não fosse por ela, como exemplo Marketing e Gestão de Pessoas.

Então, com a ajuda dos membros da empresa e de outros empresários juniores do MEJ, vamos aprendendo a colocar esses conhecimentos em prática para alavancar ainda mais a EJ.

Conclusão

As vantagens são muitas né?

Fazer parte de uma Empresa Júnior vale muito a pena, porque é um investimento que você faz para o seu futuro.

Você desenvolve competências, cresce profissionalmente, tudo isso no ambiente ideal para colocar seu conhecimento em prática.

Pode parecer que não dá para conciliar as atividades da faculdade com a EJ. Mas fique tranquilo! 

É possível sim! Se nós conseguimos, você também consegue! 

Todos os membros da empresa estão dispostos a te ajudar e escutar no que for preciso.

E aí, você já tinha vontade de participar de uma Empresa Júnior? Se não, depois de ler esse post, você mudou de opinião?

Se esse blog post foi esclarecedor para você, não se esqueça de compartilhar com aquele seu amigo que também tem essa dúvida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s